Últimas Notícias

Voltar

Ministro Pádua Andrade vistoria obras de integração na grande Belém

Ministro Pádua Andrade vistoria obras de integração na grande Belém

Intervenções ocorrem na Orla de Mosqueiro e na área portuária da capital. Investimento federal nos projetos é de R$ 54,6 milhões
Por Assessoria de Comunicação

Publicação: 15/06/2018 | 15:46

Última modificação: 25/06/2018 | 15:37

Brasília-DF, 15/6/2018 - O ministro da Integração Nacional, Pádua Andrade, vistoriou, nesta quinta (14) e sexta-feira (15), as obras da Orla de Mosqueiro e do Projeto Belém Porto Futuro, ambas em Belém (PA). As intervenções, no valor total de R$ 54,6 milhões, já começam a transformar a região. Com amplo potencial turístico, as localidades irão receber revitalização e infraestrutura completa para visitantes, o que irá movimentar a economia local.

Com 47% de execução, as obras na Orla de Mosqueiro receberão investimentos de R$ 23,1 milhões. Do total, R$ 15,3 milhões já foram repassados ao município, executor do projeto de prevenção e recuperação. Estão sendo realizados serviços de drenagem, aterro, muros de contenção e pavimentação de vias públicas em dez praias ao longo da região. O objetivo é garantir a segurança dos frequentadores, já que a orla é muito atingida pela força das marés.

Proprietária de um restaurante na orla, a comerciante Audifax Peralta está otimista com as intervenções. "Estávamos perdendo nossa praia. Com a revitalização, vamos poder empregar mais pessoas, pois a frequência de visitantes aumentará. Estou muito satisfeita", declarou. A previsão é que as obras sejam entregues até o fim deste ano.

Já o Projeto Belém Porto Futuro, que conta com recursos federais na ordem de R$ 31,5 milhões, busca transformar a área portuária de Belém em um polo de desenvolvimento com parque urbano e serviços de entretenimento, cultura e lazer. Está prevista a recuperação da Praça General Magalhães e a construção da Praça do Futuro. A expectativa é que a região atraia mais de 8.000 pessoas por dia, o dobro da atual movimentação. As obras já estão 25% executadas e a previsão de término é em janeiro de 2019.

"Em cada canteiro de obras que visitamos, fizemos uma reunião técnica com os engenheiros e trabalhadores. Todas elas estão dentro do cronograma esperado. No Porto Futuro, alguns trechos já estão operando 24 horas com o objetivo de acelerar a entrega. Saio daqui satisfeito com o que vi e com o que a população de Belém irá ganhar. As obras estão 100% empenhadas e não há chance de não serem entregues", declarou o ministro Pádua Andrade.

Os investimentos nos dois projetos são parte de estratégias do Ministério da Integração para impulsionar índices socioeconômicos ao estimular o desenvolvimento no Norte do País. As obras já geram, ao todo, mais de 800 empregos diretos e indiretos. Atualmente, Belém está entre as 20 principais cidades brasileiras e é uma das 40 áreas de maior concentração populacional do Brasil.

Ouça e faça o download da matéria de rádio.