Voltar

Prevenção de risco em Goiás recebe investimentos do Ministério da Integração

Prevenção de risco em Goiás recebe investimentos do Ministério da Integração

Serão realizadas obras de canalização do córrego Pirapitinga e construção de duas pontes em Catalão
Por Assessoria de Comunicação

Publicação: 05/12/2017 | 15:13

Última modificação: 12/12/2017 | 13:24

Brasília-DF, 5/12/17 - O ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, autorizou o repasse de R$ 20,7 milhões ao município de Catalão (GO). De acordo com ele, investir em ações e obras de Prevenção de Risco de Desastres Naturais tem sido uma das principais preocupações do Governo Federal. O objetivo é reduzir as ocorrências, a intensidade e evitar novos transtornos causados por fortes enchentes que frequentemente acontecem na região e prejudicam a população. "Essa é uma demonstração de que com planejamento, organização e gestão é possível agir de forma preventiva para evitar maiores transtornos. As obras irão evitar alagamentos e erosões no período de chuva e irão facilitar o tráfego urbano e trazer mais comodidade para população", disse o ministro Helder Barbalho durante visita ao município nesta terça-feira (5).

O valor será destinado às obras de canalização (drenagem e estrutura de contenção) do córrego Pirapitinga, construção de duas pontes rotatórias para transposição do canal e obras complementares como terraplenagem e pavimentação de calçadas e ruas adjacentes. A expectativa é de que as estruturas sejam executadas no prazo de 14 meses. A iniciativa faz parte do Programa 2040 - Gestão de Riscos e Resposta a Desastres com recursos da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec) do Ministério da Integração Nacional.

De acordo com o ministro Helder Barbalho, a previsão é de que, no início de 2018, as obras já estejam em plena execução. "Estamos resolvendo um problema histórico por meio da união de esforços do Governo Federal com a administração municipal", destacou. Após autorização do investimento, a prefeitura de Catalão iniciará imediatamente o processo licitatório para contratação da empresa que executará as obras. Em seguida, o ente deve apresentar documentação para análise da equipe técnica da Sedec. Os serviços começarão a ser realizados após aprovação dos documentos.

Investimento em prevenção de risco

O apoio às ações e obras de prevenção de risco de desastres naturais é realizado pelos Ministérios das Cidades e da Integração Nacional. O grande volume de recursos federais para obras estruturantes de prevenção de risco (barragens, adutoras, sistema de abastecimento etc.) é disponibilizado pelo Ministério das Cidades. A Defesa Civil Nacional, do Ministério da Integração, é responsável por ações e intervenções preventivas com risco eminente de desastre, ou seja, que devem ser executadas o quanto antes com objetivo de garantir a segurança da população.

Ouça e faça o donwload da matéria de rádio.