Voltar

Ministro recebe governador do Acre para discutir situação do Rio Madeira (RO)

Ministro recebe governador do Acre para discutir situação do Rio Madeira (RO)

Pasta aguarda envio da solicitação de reconhecimento para que órgãos federais possam definir ações de emergência
Por Assessoria de Comunicação

Publicação: 12/08/2017 | 15:32

Última modificação: 16/08/2017 | 13:35

Brasília-DF, 12/8/17 - O ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, recebeu nesta quinta-feira (10) o governador do Acre, Tião Viana, para discutir ações contra a seca que vem prejudicando o Rio Madeira. Localizado em Rondônia, na Vila do Abunã, distrito de Porto Velho, o rio corta a BR-364, única via terrestre que liga o estado acreano ao resto do país. A travessia é feita por balsas e tem sido dificultada pelo período de estiagem.

O Ministério da Integração está aguardando o envio da solicitação de reconhecimento de situação de emergência por parte do governo de Rondônia, passo fundamental para que o estado possa receber apoio federal.

Helder Barbalho se comprometeu a agilizar o processo de reconhecimento e consequente publicação no Diário Oficial da União. A Pasta deverá receber um Plano de Trabalho do governo do estado. Feito o reconhecimento pela Defesa Civil Nacional, vinculada ao Ministério da Integração, o plano será encaminhado ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) e a outros órgãos federais relacionados ao tema, que vão avaliar então quais ações emergenciais devem ser feitas no Rio Madeira.

O Rio Madeira é a segunda via de transporte mais importante da região Amazônica. Navegável em uma extensão de 1.086 quilômetros, ele permite a movimentação de grandes e pequenas embarcações, usadas para o transporte de mercadorias e abastecimento da região.