Voltar

Ações de prevenção no Rio de Janeiro são reforçadas com recursos da Defesa Civil

Ações de prevenção no Rio de Janeiro são reforçadas com recursos da Defesa Civil

Recursos serão utilizados para montar equipe especializada, que irá monitorar e mapear áreas com risco de serem afetadas por desastres naturais.
Por Assessoria de Comunicação

Publicação: 02/01/2019 | 14:02

Última modificação: 14/01/2019 | 12:29

Brasília - DF- 31/12/2018 - O Governo Federal garantiu mais uma inciativa para apoiar ações que pretendem reduzir desastres naturais no Estado do Rio de Janeiro. A Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec), do Ministério da Integração Nacional, disponibilizou mais de R$ 7,2 milhões ao governo estadual na última sexta-feira (31). Os detalhes estão publicados no Diário Oficial da União (DOU).

A previsão é de que as iniciativas financiadas pela União diminuam o tempo de resposta às ocorrências e forneçam mais segurança aos moradores que sofrem com eventos recorrentes, como: chuvas, inundações e deslizamentos de terra.

De acordo com o governo do Rio de Janeiro, as áreas de risco serão monitoradas e mapeadas pelo Centro de Monitoramento e Alertas composto por 18 profissionais especializados, são eles: dois analistas em geologia e geografia, dois hidrólogos, dois programadores, dois meteorologistas, seis técnicos em meteorologia e quatro de informática.

Essa equipe realizará a operacionalização e manutenção dos sistemas de alertas e alarmes sonoros instalados em 12 municípios do Rio de Janeiro.

O prazo de execução dos serviços é de 365 dias. Logo em seguida, o governo estadual deve prestar contas das ações realizadas com recursos federais.

Apoio federal

Para obter auxílio material e financeiro da Defesa Civil Nacional, os municípios devem apresentar documentação técnica, por meio do Sistema Integrado de Informações sobre Desastres (S2ID). As informações serão analisadas por equipes técnicas da Sedec e, se aprovada, o recurso é definido e disponibilizado pelo Ministério da Integração Nacional.