Back

Governo Federal garante mais R$ 8,7 milhões para o Cinturão das Águas do Ceará

Governo Federal garante mais R$ 8,7 milhões para o Cinturão das Águas do Ceará

Obra vai levar água do Projeto de Integração do Rio São Francisco para 4,5 milhões de pessoas no estado
Por Assessoria de Comunicação

Publicação: 10/11/2017 | 16:27

Última modificação: 17/11/2017 | 17:21

Brasília-DF, 10/11/2017 - O Ministério da Integração Nacional autorizou, nesta quinta-feira (9), o repasse de mais R$ 8,7 milhões para as obras do Cinturão das Águas do Ceará (CAC). O empreendimento vai levar a água do Eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco para cerca de 4,5 milhões de pessoas da região metropolitana de Fortaleza e do Cariri do estado.

O Cinturão das Águas faz parte do conjunto de investimentos do Governo Federal para garantir o abastecimento das cidades que têm sofrido com o longo período de irregularidade de chuvas. A obra está incluída na lista de empreendimentos prioritários do programa Agora, é Avançar, lançado ontem (9), pelo presidente da República, Michel Temer. Leia mais.

Desde maio de 2016, o Ministério da Integração Nacional já liberou mais de R$ 346 milhões para o maior empreendimento hídrico do Ceará.

Executado pelo governo estadual com recursos federais, o Trecho 1 do CAC possui 145 quilômetros de extensão e vai captar a água do 'Velho Chico' na barragem Jati do Projeto São Francisco, em Jati (CE). Os dois maiores reservatórios cearenses - Orós e Castanhão - serão contemplados. A previsão é de que a água do São Francisco chegue a Jati nos primeiros meses do próximo ano.